Minas On-line
Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Diretoria de Educacao Especial

Solicitação de AEE

 Para solicitar o Atendimento Educacional Especializado a escola deve fazê-lo no SIMADE.

Já está aberto, no SIMADE, o formulário para a solicitação de AEE para 2015.

Publicações e Legislação

 

Menu "Publicações". Guia de Orientaçoes da Educação Especial MG que substitui a Orientação SD nº 01/2005. icon  Guia - versão junho 2014

Destaques

Cartilha traz diretrizes de funcionamento dos centros de capacitação na área de surdez

A partir deste ano, os Centros de Capacitação de Profissionais de Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS) passam a contar com um documento que traz todas as diretrizes de funcionamento dos centros. “Os CAS já existiam anteriormente, mas a cada ano era uma demanda diferente por alguma orientação específica. Com a nossa experiência e com as demandas que foram surgindo ao longo do tempo, criamos esse documento. Ele é como se fosse o regimento de funcionamento dos centros e funciona também como um projeto político pedagógico para alinhar e dar sustentação da proposta de trabalho que os CAS executam”, destaca a diretora de Educação Especial da Secretaria de Estado de Educação, Ana Regina de Carvalho.
O documento apresenta, entre outras coisas, as áreas de abrangência dos CAS, as principais ações e estrutura básica. Ele também traz diretrizes para o processo de avaliação de tradutores intérpretes que desejam atuar na rede estadual, como ressalta Ana Regina. “Nós também disciplinamos todo o processo de avaliação de tradutor intérprete para atuação na rede estadual. Essa é uma competência que os Centros de Capacitação de Profissionais de Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez têm. Esse processo é complexo. Então, fizemos toda uma discussão para discipliná-lo”, conclui Ana Regina.
Os CAS têm por objetivo trabalhar propostas para a educação de surdos. Eles trabalham no aspecto da formação continuada dos professores, oferecendo cursos de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e de Língua Portuguesa como segunda língua para estudantes surdos. Neles também são produzidos materiais didáticos acessíveis ao estudante surdo, como vídeos didáticos em libras, além da capacitação de professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE). Nos dois últimos anos, mais de 1 mil profissionais participaram de alguma capacitação na área da surdez no Estado. No último mês de agosto, 50 alunos surdos de 22 regionais do estado participaram de curso de capacitação de instrutores, promovido pela SEE, em parceria com o CAS de Belo Horizonte.
A Secretaria mantém o funcionamento de cinco CAS, localizados nos municípios de Belo Horizonte, Montes Claros, Varginha, Diamantina e Uberaba. Eles são implantados por resoluções e funcionam anexos a alguma escola estadual que fica responsável pelas questões administrativas. Além deles, também existem dois Núcleos de Capacitação e Apoio Pedagógico às Escolas de Educação Básica nos município de Januária e Governador Valadares.
CLIQUE AQUI para acessar a cartilha com as diretrizes dos CAS.
 

Projetos de AEE - sala de recursos


O AEE - Sala de Recursos (turno matutino) da EE Professora Deys Lopes Jardim (município de Itaobim) e da EE Alonzo Barbuda (município de Ponto dos Volantes) realizaram um projeto com o objetivo de promover a cidadania dos alunos atendidos. icon Clique aqui

O AEE  - Sala de Recursos, da professora especializada Sônia Aparecida Tacon do Prado Siqueira da EE Amador Naves do municipio de Uberlândia, apresenta o projeto "Sistema Monetário" com o objetivo de trabalhar o sistema monetário através de materiais didáticos acessíveis. - icon Clique aqui

 
SIMADE WEB
Magistra
CRV
DESP: CAMG - Rodovia Pref Américo Gianetti, SN - 11º andar - Bairro Serra Verde/BH/MG CEP 31.630-900 Tel:(31)3915-3750
Todos os Direitos Reservados - Aspectos Legais e Responsabilidades